20

Jan

Seg


15H00

DURAÇÃO


1h30

Ver Preços

Pedro Teixeira da Mota (Espetáculo Esgotado)

De Wim Wenders

Wim Wenders é um dos principais autores do Novo Cinema Alemão dos anos 70

Adaptação do romance homónimo de Nathaniel Hawthorne, “A Letra Escarlate” conta a história de uma mulher que, por ser adúltera, é marginalizada pela comunidade puritana em que vive (Salem, no século XVIII) e forçada a usar a letra “A” nos vestidos. O seu marido, julgado desaparecido, regressa com outra identidade para descobrir quem fora o amante dela.

Wim Wenders é um dos principais autores do Novo Cinema Alemão dos anos 70, a par de Rainer Werner Fassbinder e Werner Herzog. Foi com o filme “O Amigo Americano” (1977) que Wim Wenders conquistou reconhecimento internacional, tendo sido nomeado para a Palma de Ouro, que veio a vencer com “Paris, Texas” (1984). O seu filme de 1987, “As Asas do Desejo”, trouxe-lhe o prémio de Melhor Realizador em Cannes e tornou-se no seu maior sucesso. Em 1993, recebeu o Grande Prémio do Júri no mesmo festival, com o filme “Tão Perto, Tão Longe”. Desde 1990, Wenders descreve-se como um cineasta da não-ficção, realizando vários documentários aclamados pelo público, “Buena Vista Social Club” (1999) e “Pina” (2011). Wim Wenders foi homenageado no LEFFEST’15 com uma retrospetiva integral da sua obra. Uma das suas obras mais recentes, “Os Belos Dias de Aranjuez”, foi nomeada para o Leão de Ouro em Veneza (2016) e o seu último documentário, “Papa Francisco: Um Homem de Palavra” estreou em Cannes em 2018.

Data

20, Janeiro 2020

Horário

15H00

Duração

1h30

Faixa etária

M12

Preço

€3,5

Local auditório TAGV

De Wim Wenders Com Senta Berger, Lou Castel, Yelena Samarina Origem Alemanha, Espanha, 1973