21

Fev

Sex


21H30

DURAÇÃO


45min

Ver Preços

COMPRAR BILHETES

Pedro Teixeira da Mota (Espetáculo Esgotado)

De Catarina Miranda

a experiência sensível do corpo começa a partir do exercício de contemplação, onde uma personagem solitária se encontra em contraste com a linha do horizonte

Uma evocação espacial, um exercício cénico onde uma topografia ficcional é ativada, estabelecendo um imaginário coletivo, através do desenvolvimento da palavra e do gesto.
O palco vazio é intercetado por um protocolo de coordenadas, onde uma sequência de eventos é descrito e incorporada, estabelecendo uma temporalidade cénica. A construção da experiência sensível do corpo começa a partir do exercício de contemplação, onde uma personagem solitária se encontra em contraste com a linha do horizonte. Através da manipulação de matérias plásticas, as dimensões monstruosas e humanas de um corpo-pele-carne, são colocadas em relação e evidência.

Catarina Miranda (Coimbra, 1982) tem vindo a desenvolver e apresentar projetos de criação maioritariamente para palco, trabalhando com linguagens que intercetam dança, voz, cenografia e luz, abordando o corpo como um veículo de transformação hipnagógica e de consciência do presente. Apresentou peças entre o Festival Materiais Diversos, Festival Circular, Teatro Municipal do Porto, Dock11 Berlim, DanceBox em Kobe/Japão e o Teatro Nacional São João.

Organizado pelo TAGV e Câmara Municipal de Coimbra/Convento São Francisco, o Festival teve em 2016 a sua primeira edição conjunta. Esta iniciativa parte de um interesse comum pela dança contemporânea, reconhecendo o lugar central que esta ocupa na renovação da linguagem das artes performativas nas últimas décadas. O festival pretende dar conta do panorama criativo da dança nacional e internacional, além de promover atividades pedagógicas direcionadas para públicos escolares.

Data

21, Fevereiro 2020

Horário

21H30

Duração

45min

Faixa etária

M12

Preço

€5
€3,5 < 25, estudante, > 65, comunidade UC, rede alumni UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias

Local auditório TAGV (lotação limitada)

Direção artística, cenografia, texto Catarina Miranda Dramaturgia Catarina Miranda Jonathan Saldanha Performance André Cabral Conceção coreográfica Catarina Miranda, André Cabral Música Jonathan Saldanha Desenho de luz Letícia Stryckry Produção executiva Joana Cardoso Produção SOOPA Coprodução Teatro Municipal do Porto Difusão Sara Abrantes/Materiais Diversos Apoio DGARTES/ Ministério da Cultura, Materiais Diversos (Lisboa, Portugal), Festival Explore Dance Romênia, Be My Guest International Network Residências de criação Pact Zollverein (Essen, Alemanha), Nave (Santiago, Chile), Grand Studio (Bruxelas, Bélgica), WASP (Bucareste, Romênia); EXERCE/CCN-ICI (Montpellier, França), Espaço do Tempo (Montemor o Novo, Portugal), Srishti Institute (Bangalore, Índia) Programas de formação e pesquisa EXERCE/CCN-ICI (Montpellier, França), TTT/ Traditional Theatre Training in NOH (Kyoto/Jp) Agradecimentos Cristina Planas Leitão, Luísa Saraiva, Sara Abrantes, Sofia Matos Fotografia José Caldeira Espetáculo falado em inglês com legendas em português

Espetáculo integrado no Festival Abril Dança em Coimbra/Programa Warm Up Coprodução Festival Abril Dança em Coimbra TAGV, Convento São Francisco/Câmara Municipal de Coimbra