04

Dez

Qua


21H30

DURAÇÃO


1h15

Ver Preços

João Só — Só 10 Anos

Direção de Mickaël de Oliveira e Nuno M Cardoso

a sombra escapa do corpo como um animal que abrigámos [...] e a sombra observa, reflecte e teme essa liberdade desprotegida
— Francis Bacon - A Lógica da Sensação de Gilles Deleuze

Prestes a entrar no século XXI e numa era fértil em narrativas escatológicas e teorias sobre o fim da história, consagrado pelo triunfo do capitalismo ocidental, Jacques Derrida cunhou o termo “hantologie” (“Espectros de Marx”) – a manifestação ontológica de vestígios ideológicos e culturais que, vindos do passado, assombram o contexto presente, causando uma disjunção na passagem linear do tempo.
Partindo do conceito inaugurado por Derrida e ancorados na ideia de assombração, Mickaël de Oliveira e Nuno M Cardoso assinam, depois de “Oslo”(2015), uma nova criação, “HANTOLOGIA”, que se pretende um exercício espectral sobre a persistência de visões radicais e projeções utópicas que acabaram por falhar e que, como fantasmas, assombram – ainda que a partir da ausência – a nossa contemporaneidade.

Data

04, Dezembro 2019

Horário

21H30

Duração

1h15

Faixa etária

M16

Preço

€7
€5 < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥10, desempregado, parcerias

Local auditório TAGV (lotação limitada)

Direção Mickaël de Oliveira e Nuno M Cardoso Interpretação Ana Sampaio e Maia, Camilla Morello, Catarina Luís, Joana Petiz Luz Rui Monteiro Assistência ao desenho de luz Teresa Antunes Sonoplastia Afonso Silva Vídeo Maria Leite Apoio dramatúrgico, produção Maria Inês Marques Acompanhamento artístico Marta Bernardes Direção técnica Luísa Osório Registo vídeo Fábio Coelho Registo fotográfico Bruno Simão Apoios República Portuguesa | Cultura / Direção-Geral das Artes, AMANDA – Medida Anónima, Circolando, Nome Próprio, Teatro Experimental do Porto, Teatro Municipal do Porto

Agradecimentos Ana Rita Xavier, Carolina Araújo Correia, Joana Cotrim, Joana Magalhães, Joana Mont’Alverne, Mafalda Lencastre