19

Out

19

Oct

20

Out

20

Oct

21

Out

21

Oct

Seg

Ter

Qua

Ver Preços

Davide Carnevali

Laboratório de Investigação, Formação e Criação Artísticas

esta edição intervalar do Festival END tem como tema os processos de criação literária para o palco. Convocando dramaturgia, teatralidade e materialidade, cruza os domínios da investigação, formação e criação artísticas

O Laboratório de Investigação, Formação e Criação Artísticas (LIFCA), subordinado ao tema Processos de criação literária para palco: dramaturgia, teatralidade e materialidade, é um projeto que cruza os domínios da investigação, formação e criação artísticas. Com direção artística e científica de Mickaël de Oliveira, o laboratório decorre em 2020 e 2021, como braço de formação do END Festival Encontros de Novas Dramaturgias, que celebra os seus 10 anos de atividade em 2020.

Através do seu programa laboratorial LIFCA, o Laboratório END propõe construir um espaço dedicado à formação, criação e investigação artísticas, apresentando um programa transdisciplinar que oferece (a) ao artista-formando condições adequadas para consolidar um projeto de escrita; (b) aos artistas-formadores convidados um espaço para pensar e transmitir a sua prática;  c) ao investigador um lugar de análise para estudar as práticas, metodologias literárias e artísticas existentes nas etapas e actividades do laboratório.

O LIFCA/Laboratório END propõe um programa de formação que se realiza através de um conjunto de residências artísticas de curta duração, nas várias cidades parceiras do projeto, entre outubro de 2020 e maio de 2021, composto por oficinas de criação, dirigidas por artistas-formadores e focadas nas questões processuais e das materialidades cénicas da literatura. O programa conta igualmente com uma série de seminários, eminentemente teóricos, em colaboração com professores e investigadores de instituições do ensino superior (parceiras e outras) e ainda com masterclasses orientadas por autores convidados que partilharão as principais questões e etapas dos seus processos criativos literários, oferecendo aos formandos um acesso a vários modos de olhar e de escrever um texto.

19 outubro 11h00 – 13h00
Apresentação do Laboratório END
Com a presença de Mickael de Oliveira, Fernando Matos Oliveira, Lígia Soares, Patrícia Portela, Rui Pina Coelho e os autores selecionados no âmbito do projeto
auditório TAGV
duração aprox, 2h00
entrada gratuita (lotação limitada)

19 outubro 14h00 – 16h00
Debate Perspectivas sobre a criação literária em contextos performativos
Com Lígia Soares, Patrícia Portela e Rui Pina Coelho (sessão aberta ao público)
Sala do Carvão — Casa das Caldeiras*
duração aprox. 2h00
entrada gratuita (lotação limitada)
*transmissão em direto online para alunos da Universidade de Coimbra

19 outubro 16h30 – 23h00
Oficina de criação WORK_CHOQUE literário e dramatúrgico
Orientação de Patrícia Portela
Observação, concentração, leitura, reescrita. Estas são as principais componentes destas sessões literárias e dramatúrgicas. O objetivo é dialogarmos intensivamente através da ferramenta artística que escolhemos para nos exprimirmos: a palavra. Ouvindo, traduzindo, reescrevendo e participaremos em obras alheias (de autores presentes ou ausentes, mortos ou vivos) enquanto construímos os alicerces das nossas criações, recebendo inspiração, sugestões e críticas dos nossos companheiros de viagem. Este Work-Choque divide-se em três partes: 1 – Associações – exercícios de escrita automática picassiana, almadense e outros; 2 – Boomerangs e antropofagias – preparação e apresentação pública de cada um dos esboços literários em sessão fechada, seguida de feedback performativo de pelo menos um participante do grupo; 3 – Regressos e cadáveres exquisit – reescrita dos objetos literários com novos elementos nossos e de outrem, e a partir de jogos literários num ambiente de improvisação e de colaboração seguida de feedback literário; 4 – Finais felizes (ou não!) – apresentação do resultado final com os devidos aplausos de todos os que se quiserem juntar no final da sessão. A sessão decorrerá com exercícios individuais, em dueto e coletivos. Os respetivos feedbacks serão sempre em formato performativo, literários, artísticos ou outros, sendo a reflexão teórica transmitida através do fazer, do pensar, do recriar e do citar performativamente o que observamos, pensamos, ou queremos experimentar nos nossos projetos literários e/ou através dos projetos de todos os participantes.
Sala B/Laboratório LIPA
duração aprox. 6h30

20 outubro 14h30 – 16h00
Seminário Textos para uma voz
Orientado por Fernando Matos Oliveira (Ceis20 UC/TAGV)
Há uma longa tradição de escrita para o teatro que, em géneros e formas muito diversas, se propõe para uma voz, um sujeito ou um corpo. Este seminário convoca algumas referências fundamentais da escrita monológica, procurando as razões desta persistência e o modo transita entre a modernidade e contemporaneidade.
Sala do Carvão —  Casa das Caldeiras
duração aprox. 1h30
entrada gratuita (lotação limitada)

20 e 21 outubro 14h30 – 16h00
[20] 16h30 – 20h Oficina de criação [1ª parte] | Contraplágio: dramaturgia, teatralidade e materialidade
Orientação de Lígia Soares e Rui Pina Coelho
[21] 9h30 – 13h00 Oficina de criação [2ª parte] | Contraplágio: dramaturgia, teatralidade e materialidade
Orientação de Lígia Soares e Rui Pina Coelho
Há, em cada texto escrito, uma biblioteca por dizer. Nas dobras de cada texto escondem-se pistas, personagens, frases, silêncios, ditos que poderiam dar vida a outros tantos textos. Nesta oficina de criação dramatúrgica, lidando com a especificidade da escrita para teatro, partiremos da peça de August Strindberg, “A Menina Júlia” (1888), e das suas possibilidades de “reescrita”, para uma excursão pela dramaturgia do século XX e XXI e dos seus modos de fazer e pensar mais visíveis.
Sala B/Laboratório LIPA
duração aprox. 7h00

21 outubro 14h30 – 17h00
Sessão de trabalho orientada por Mickael de Oliveira sobre as ferramentas e metodologias de criação desenvolvidas durante as Oficinas de Criação “WORK_CHOQUE literário e dramatúrgico e Contraplágio: dramaturgia, teatralidade e materialidade”
Com a presença de Lígia Soares, Mafalda Lencastre, Rui Pina Coelho e outros artistas e investigadores.
Sala do Carvão —  Casa das Caldeiras
duração aprox. 2h30

21 outubro 18h00 – 19h30
Leitura participativa dos materiais literários produzidos no âmbito das oficinas de criação
Com coordenação de Mafalda Lencastre e Maria Inês Marques
Sala do Carvão —  Casa das Caldeiras
duração aprox 1h30
entrada gratuita (lotação limitada)

Etapas/Residências Artísticas
Etapa 1 19-21 de outubro de 2020 Teatro Académico de Gil Vicente (Coimbra)
Etapa 2 15-16 de dezembro de 2020 Centro Cultural Vila Flor (Guimarães)
Etapa 3 29-31 de janeiro de 2021 Teatro Viriato (Viseu)
Etapa 4 18-20 de maio de 2021 O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo)

Data

19, Outubro 2020

20, Outubro 2020

21, Outubro 2020

Horário

Duração

Faixa etária

para todos os públicos

Preço

entrada gratuita (lotação limitada)

Local Sala do Carvão — Casa das Caldeiras, TAGV

Direcção artística e científica do projeto Mickaël de Oliveira

Assistência à direção artística e coordenação de produção Maria Inês Marques 

Acompanhamento artístico Lígia Soares, Patrícia Portela, Rui Pina Coelho

Acompanhamento científico Mafalda Lencastre, Mickaël de Oliveira 

Produção Colectivo 84

Coprodução A Oficina (Guimarães), Teatro Académico de Gil Vicente (Coimbra), Teatro Viriato (Viseu)

Residência de coprodução O Espaço do Tempo 

Apoios ao projeto Ministério da Cultura/Direção-Geral das Artes, Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Centro de Estudos de Teatro (FLUL), Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança (FMHUL)

Instituições parceiras do programa Universidade de Coimbra (FLUC), Universidade do Minho (Instituto de Letras e Ciências Humanas, Guimarães), Instituto Politécnico de Viseu

Fotografia Cláudia Morais