02

Jul

Sáb


18H00

DURAÇÃO


15 mi

Ver Preços

You Can’t Win, Charlie Brown /adiado/

Orientação de Patrícia Portela

este espetáculo-caminhada convida o espectador a escolher que percursos e quantas viagens deseja fazer num total de 8 performances-caminhadas de aproximadamente 2000 passos cada uma ou 10 a 15 minutos

Passear é conhecer outras casas enquanto trazemos a nossa até outros lugares. A casa-corpo da Catarina, a casa-tempo da Rita, a casa atlântica e pacífica de uma volta ao mundo do pai do Hugo, a casa-mundo, interior e exterior do Diogo, a casa que é nossa e que encontramos sem querer na casa dos outros, a casa-floresta do David ou a casa- aldeia-do-meu-avô da Beatriz. Passear é trocar de chaves como faz o Miguel, é reencontrar a calma e o centro ao lado da Ema, é o que encontramos noutras casas para depois descobrir nas nossas. Em “Os Filhos de Abel” um grupo de performers convida o público a acompanhá-los num passeio onde se trocarão histórias, aflições, teorias ou desabafos. Construída a partir de memórias de outras geografias (como Vale Formoso, Miranda de Arcos de Valdevez, o porto de Lisboa ou de Malaca), este espetáculo-caminhada convida o espectador a escolher que percursos e quantas viagens deseja fazer num total de 8 performances-caminhadas de aproximadamente 2000 passos cada uma ou 10 a 15 minutos.

 

“Andar a Pé. Walking on Sunshine” tem como ponto de partida o conceito de caminhada enquanto arte, vida e perceção. Com o objetivo de refletir sobre a relação do ser humano com o mundo através do movimento inerente ao ato de caminhar, as atividades previstas têm lugar em vários espaços da cidade de Coimbra, integrando diversas experiências de deslocação. Entre 2 e 16 de julho, sempre aos sábados, espetadores e participantes poderão assim deambular em modo Fluxus pelo espaço urbano, assistir à exibição de documentários sobre grandes caminhadas, participar num debate sobre práticas e filosofias do caminhar e ainda fazer parte dos percursos propostos pelos espetáculos “Os Filhos de Abel” de Patrícia Portela e pelo reencontro com a escrita de Henry Thoreau, em “Ergue-te”, segundo proposta da Companhia João Garcia Miguel. Este ciclo termina com um singular piquenique-concerto, com ambiente sonoro do músico Rafael Toral. 

Data

02, Julho 2022

Horário

18H00

Duração

15 minutos cada percurso

Faixa etária

para todos os públicos

Preço

Ponto de encontro TAGV

Percurso Performance-Caminhada por Coimbra

duração aprox. 15 minutos cada percurso

máx. 15 pessoas

participação gratuita

reserva bilheteira@tagv.uc.pt

Local Percurso Performance-Caminhada por Coimbra

orientação Patrícia Portela

com Beatriz Gaspar, Beatriz Teodósio, Catarina Pacheco, Ema Pais, Hugo Teles, Miguel Baltazar, Rita Barros

assistente de produção/Prado Sara Alexandra

agradecimento Afonso Reis Cabral, Alexandrina Cunha, Andreia Carneiro, Beatriz Mestre Costa, Célia Fechas, Cláudia Jardim, Conceição Mendes, Gonçalo Fernandes, João e Teolinda Portela, Lensey Lopes Pais, Luca Aprea, Lucia Lopes Pais, Luís Pinho, Manuel Lage, Mauro Madeira, Mariana Santana, Miguel Cruz, Natividade Vicente, Patrícia Fonseca, Restaurante – O Pastus, Rogério Vale, Rute Reis, Tomás Gomes e Zoë Portela de Boeck

acolhimento e residência artística  Junta de Freguesia de Miranda, Arcos de Valdevez, Teatro Viriato

coprodução Prado, Associação Cultural

espetáculo-caminhada integrad no ciclo Andar a Pé. Walking on Sunshine

curadoria Fernando Matos Oliveira, Patrícia Portela

produção Teatro Académico de Gil Vicente