29

Abr

29

Apr

Sex


21H30

DURAÇÃO


00h50

Ver Preços

Mimicat

De Amélia Bentes

As imagens oníricas e a paisagem sonora acompanham a energia dos corpos

Sem chão Sem fim surge na sequência do trabalho da coreógrafa em torno da corporalidade das emoções, da ideia de ser e de sentir, da necessidade de pensar o espaço que nos move e nos conduz ao outro, faz desejar, reagir, apaixonar. Criação plena de fisicalidade humana, emotividade e energia com as imagens e a paisagem sonora a acompanhar esta energia intensa dos corpos.

“O corpo move o meu ser. Provoco uma dança sem chão, sem fim, uma dança a céu aberto. Procuro assim entender os que procuram um caminho. Como procuro o meu, o meu melhor modo de ser, o meu atalho; e o meu caminho não sou eu, são os outros. Afinal o que sei eu de mim? Sinto-me eu e ao mesmo tempo desconheço-me. Será que existe um espelho interior? Se me abraçar com muita força será que me desfaço? E se te abraçar? Posso-te abraçar? A função do ar começa a ceder. O afeto segura-me em ti. Posso-te abraçar?”. Amélia Bentes

Dia Mundial da Dança.

Espetáculo apresentado no âmbito de Abril Dança em Coimbra.

 

Data

29, Abril 2016

Horário

21H30

Duração

00h50

Faixa etária

m/6

Preço

€7
€5 < 25, Estudante, > 65, Grupo ≥ 10, Desempregado, Parcerias
€10 Assinatura Abril Dança em Coimbra TAGV

Local Auditório

Direção e Coreografia Amélia Bentes

Interpretação Carla Marchana, Fran Martinez, Rita Rosa, Inês Queirós, João Abreu, Catarina Luís, Amélia Bentes

Música Original Raul Pinto

Músicos ao Vivo Raul Pinto (Piano), Fran Matinez (Harpa)

Luz Fábio Ventura

Produção Executiva Amélia Bentes

Apoio ACCCA Atlético clube de Moscavide

Agradecimento Joaquim Leal