22

Mai

Qua


20H30

DURAÇÃO


2h00

Ver Preços

A Pereira Brava

A Batalha de Argel/La Battaglia di Algeri

eu o que falar quando foi realizado. Trata-se de uma encomenda oficial do governo da Argélia, três anos depois da independência do país

Embora esteja quase esquecido, ‘La Battaglia di Algeri’ (‘A Batalha de Argel’) deu o que falar quando foi realizado. Trata-se de uma encomenda oficial do governo da Argélia, três anos depois da independência do país (ao cabo de uma guerra de oito anos), cujo princípio de base foi o de não utilizar nenhuma imagem de arquivo: tudo é encenado. A ideia é mostrar que a violência estava dos dois lados do conflito e que a guerra não deixa nenhum dos seus participantes ileso e ‘limpo’.

— Cinemateca Portuguesa

O carvão é escuro. Também estas sessões são escuras, iluminadas apenas pela luz do projetor. Esta atividade propõe um encontro mensal com um convidado, ligado ao ensino, investigação, produção, distribuição, exibição ou preservação do cinema. A projeção de um filme (ou conjunto de filmes) é seguida de um comentário do convidado, que serve de ponto de partida para a conversa posterior com o público. Com esta nova série de Sessões do Carvão, pretende gerar-se discussões críticas sobre o cinema, valorizando o cruzamento entre a investigação e a prática, a experiência e o discurso.

Data

22, Maio 2019

Horário

20H30

Duração

2h00

Faixa etária

M/12

Preço

entrada livre

Local Sala do Carvão — Casa das Caldeiras

A Batalha de Argel/La Battaglia di Algeri

De Gillo Pontecorvo

Com Yacef Saadi, Brahim Haggiag, Jean Martin

Origem Argélia/Itália, 1966

Conversa pós-filme com Érica Faleiro Rodrigues (Birkbeck, Universidade de Londres/IHC)

Coordenação Sessões do Carvão Sérgio Dias Branco, Luísa Lopes

Produção Faculdade de Letras da UC (Curso de Estudos Artísticos e Laboratório de Investigação e Práticas Artísticas/LIPA), TAGV

Clique ou faça scroll para ver o próximo evento.

Toque para ver o próximo evento.

Clube de Leitura Teatral

Clube de Leitura Teatral