07

Dez

07

Dec

Qui


18H00

DURAÇÃO


1h00

Ver Preços

Verão Danado

de e com Ricardo Seiça Salgado, Susana Chiocca, António Lago

Não tendo quem possa escutar ou interpretar, António é sempre ausente

Variações em António Menor 

De Ricardo Seiça Salgado

António Variações, na canção SEMPRE AUSENTE canta: “Lá vai uma luz, lá vai o demente, lá vai ele a passar, assim te chama toda a gente. Mas tu estás sempre ausente e não te conseguem alcançar.” Menor refere uma condição revolucionária, um estado de potência transformativo na margem, numa margem que em António parece não ter lugar na lógica de classificação disponível. Não tendo quem possa escutar ou interpretar, António é sempre ausente. Este espaço-fora que António Variações constrói é apresentado pela sua própria voz, um testemunho que emerge das suas próprias canções e que reflete o seu pensamento “mascarado” na festividade popular e histriónica das suas próprias canções. O evento é o convite à gravação de uma vídeo-performance ao vivo.

Que anda a Procurar

De Susana Chiocca

Fenda, mãe, mundo, alteridade.
Canais obsoletos, gastos, entupidos, quebrados.
Canais enlaçados por diversos braços invisíveis até à raíz.

Quero é Viver

De António Lago

Uma comemoração impossível. A fisicalidade de um corpo que marca fortemente a cultura num pequenino espaço.

Data

07, Dezembro 2017

Horário

18H00

Duração

1h00

Faixa etária

M/12

Preço

entrada gratuita

Local Sala do Carvão - Casa das Caldeiras