01

Abr

30

Apr

Qua

Ver Preços

Mão Morta (evento suspenso)

ADC'20

o Teatro Académico de Gil Vicente e o Convento São Francisco, com o apoio da Câmara Municipal de Coimbra e a Universidade de Coimbra, tomaram a decisão de cancelar a edição 2020 do Festival e reforçar a próxima edição do Abril Dança em Coimbra 2021

Face à situação atual e em linha com as ações definidas pelo Governo de Portugal, Câmara Municipal de Coimbra e Universidade de Coimbra para a contenção do novo coronavírus, os organizadores do Festival Abril Dança em Coimbra decidiram cancelar a edição deste ano, prevista para o mês de abril, período entre 03 e 30 de abril.

Organizado pela Universidade de Coimbra/Teatro Académico de Gil Vicente e Câmara Municipal de Coimbra/Convento São Francisco, o Festival Abril Dança em Coimbra teve em 2016 a sua primeira edição conjunta.

Partindo de um interesse comum pela dança contemporânea, a edição 2020, tal como as anteriores foi programado para dar conta do panorama criativo da dança nacional e internacional, além de promover atividades pedagógicas direcionadas para públicos escolares.

Estavam programados 15 eventos, nacionais e internacionais, que seriam apresentados entre o Teatro Académico de Gil Vicente e o Convento São Francisco, e que incluíam apresentação de espetáculos, visitas guiadas, exposições, conversas com os artistas, sessões de cinema e, um programa criado e apresentado com os alunos das escolas de dança de Coimbra.

Durante o mês de abril, o Festival Abril Dança em Coimbra estava programado para acolher várias centenas de profissionais o espetáculo – artistas e colaboradores, alunos e professores de escolas – para além do público que se espera para estes eventos.

O Teatro Académico de Gil Vicente e o Convento São Francisco, com o apoio da Câmara Municipal de Coimbra e a Universidade de Coimbra, tomaram a decisão de cancelar a edição 2020 do Festival e reforçar a próxima edição do Festival Abril Dança em Coimbra 2021.

Data

01 - 30, Abril 2020

Horário

Duração

Faixa etária

Preço

Fotografia João Duarte/espetáculo “Dream is the Dreamer” de Catarina Miranda