23

Nov

09

Dez

Ter


21H00

Qui


21H00

DURAÇÃO


2h11

Ver Preços

Teatro sobre Ciência: Teoria e Prática

De Paul Verhoeven

uma divina comédia ou uma comédia divina? O novo filme de Paul Verhoeven, um dos mais controversos do último Festival de Cannes, não deixará ninguém indiferente

Desde muito nova, Benedetta possui o dom de fazer milagres, e quando se muda para um convento em Pescia (Toscana), isso tem um enorme impacto na comunidade. Entretanto, acolhe Bartolomea, uma jovem que lhe implora abrigo e proteção, e as duas tornam-se muito próximas, crescendo entre elas um romance ardente. A madre superiora (Charlotte Rampling) e o enviado do Vaticano (Lambert Wilson) debatem-se com um dilema.

Itália, final do século XVII. Baseado no livro “Immodest Acts: The Life of a Lesbian Nun in Renaissance Italy”, de Judith C. Brown, que por sua vez é inspirado numa história real, Benedetta traça o retrato de uma freira católica que tem visões eróticas e religiosas perturbadoras, a irmã Benedetta Carlini (Virginie Efira).

O novo filme de Paul Verhoeven (que chegou a trabalhar com Jean-Claude Carrière  no argumento), teve a sua estreia mundial na secção competitiva da 74ª edição do Festival de Cannes. Ao anunciar o filme, o diretor do festival afirmou: “O realizador dá-nos uma visão da Idade Média erótica e faceta, e também política, com uma sublime mise en scène.”

Paul Verhoeven (18 de Julho de 1938, Amesterdão) figura proeminente do cinema contemporâneo, autor de uma obra sensual, irónica, virulenta e vital, estudou na Universidade de Leiden, onde se formou em Matemática e Física. Ingressou depois na Marinha, onde iniciou a sua carreira cinematográfica com filmes documentais. Em 1973, com a segunda longa, Delícias Turcas (1973), um enorme sucesso de bilheteira, torna-se muito popular no seu país, acabando depois, quando os seus filmes O Soldado da Rainha (1977) e o Quarto Homem (1983) alcançam, pela primeira vez, reconhecimento internacional, por se mudar para os EUA. Em Hollywood realiza algumas das obras mais marcantes do cinema fantástico e de ficção científica contemporâneo, como Robocop – O Polícia do Futuro (1987), o seu maior sucesso de bilheteira, ou Desafio Total (1990). Em 1992, Verhoeven viu, pela primeira vez, um filme por si realizado selecionado para a Competição Oficial do Festival de Cannes: Instinto Fatal, o provocatório thriller erótico protagonizado por Michael Douglas e Sharon Stone. Depois de um regresso ao seu país natal para filmar O Livro Negro (2006), um drama histórico aplaudido pela crítica sobre a ocupação nazi nos Países Baixos, filmou o thriller de vingança Ela (2016), um sucesso de crítica e de público que valeu a Isabelle Huppert uma nomeação para o Óscar de Melhor Atriz.

Data

23, Novembro 2021

09, Dezembro 2021

Horário

21H00

21H00

Duração

2h11

Faixa etária

a classificar

Preço

€5
€3,5 < 25, estudante, > 65, comunidade UC, rede alumni UC, grupo ≥ 10, desempregado, profissional do espetáculo, parcerias

Bilheteira TAGV 1 hora antes dos espetáculos e 30 minutos antes das sessões de cinema. Encerra 30 minutos após o seu início

Local auditório TAGV

com Virginie Efira, Charlotte Rampling, Daphné Patakia, Lambert Wilson

origem França, Holanda, Bélgica, 2021

Festival de Cannes 2021 Seleção Oficial em Competição

Festival de San Sebastián Seleção Oficial