04

Fev

Sáb


15H00
24H00

DURAÇÃO


9h31

Ver Preços

Cinema e Obstinação

Notícias da Antiguidade Ideológica: Marx, Eisenstein, O Capital

projeção de cinematografia de longa duração sobre processos revolucionários e de transformação social, incluindo conversa com especialistas

Para esta primeira sessão, propomos a obra de Alexander Kluge, o realizador que se afirma como um dos expoentes do Novo Cinema Alemão e como o seu grande teórico. O filme Notícias da Antiguidade Ideológica: Marx, Eisenstein, O Capital é assim uma espécie de Arca de Noé onde se resgatam e guardam oitenta anos (ou mais: para Kluge, a História começa sempre antes) de História e pensamento, de Marx e Eisenstein, de cinema e vida política, entre muitos outros pares recombináveis. É um filme sobre tudo, a única forma de contar a História segundo Kluge. É por isso que, derradeira observação, as suas características específicas, por muito marcadas que sejam, não abrem nenhuma rutura signficativa com o cinema de Kluge – nem com o antigo, feito no tempo da película, nem com o moderno, feito no tempo do video (o que é outro grande paralelismo possível entre Kluge e JLG). De certa forma, todo o cinema de Kluge podia ter nascido naquelas notas de Eisenstein, todo o seu cinema pode ser a expressão de que Eisenstein, 80 anos depois, vive. Luís Miguel Oliveira, Cinemateca Portuguesa 

No outono de 1977 a República Federal da Alemanha viveu a mais grave crise política desde a sua fundação, em 1951. O confronto entre os grupos de extrema-esquerda e o Estado chegou ao apogeu: a Fação Exército Vermelho raptou Hans-Martin Schleyer e desviou dois aviões para obter a libertação dos seus membros. A resposta do Estado foi uma brutal repressão, com o apoio da opinião pública e o duvidoso suicídio dos líderes da Fação Exército Vermelho, numa prisão de segurança máxima. Um grupo de cineastas, entre os quais Alexander Kluge, Rainer W. Fassbinder e Edgar Reitz, decidiu fazer um filme em episódios sobre esta crise e os seus significados mais profundos.

 

Luís Trindade (curador do ciclo Cinema e Obstinação) debruça a suas atividades da docência e da investigação sobre a história cultural e a teoria da história, onde procura relacionar o papel das narrativas de vários objetos culturais na mediação da perceção e consciência histórica contemporâneas. Tem publicado sobre história do nacionalismo, da imprensa, do cinema, do neorealismo, da música popular e dos intelectuais no século XX em Portugal. Luís Trindade será o convidado para a conversa com os espectadores.

Data

04, Fevereiro 2023

Horário

15H00, 24H00,

Duração

9h31 c/intervalo 15h00 – 20h00/21h00 – 24h00

Faixa etária

a classificar

Preço

€5

€3,5 

descontos TAGV
< de 25 anos, estudante, comunidade uc, rede alumni uc, > 65 anos, grupo ≥ 10, desempregado, profissional do espetáculo, parcerias TAGV

Os bilhetes com desconto são pessoais e intransmissíveis e obrigam à identificação na entrada quando solicitada. Os descontos não são acumuláveis

Local auditório TAGV

projeção do filme (versão longa) Nachrichten Aus Der Ideologischen Antike: Marx – Einsenstein – Das Kapital/Notícias da Antiguidade Ideológica: Marx, Eisenstein, O Capital

de Alexander Kluge

origem Alemanha, 2007

exibição do filme Nachrichten Aus Der Ideologischen Antike: Marx – Einsenstein – Das Kapital em parceria com o Goethe-Institut Portugal

ciclo Cinema e Obstinação CEIS 20, Teatro Académico de Gil Vicente

curadoria Luís Trindade

conversa com Luís Trindade

legendas em inglês

Clique ou faça scroll para ver o próximo evento.

Toque para ver o próximo evento.

Laboratório LIPA

Clube de Leitura Teatral