11

Jun

Ter


21H30

DURAÇÃO


1h00

Ver Preços

o público está, assim, amplamente convocado para Criação

O obsoletismo morre quando lhe descobrimos novas formas de vida. É o que pretendemos. É esse o desafio, o nosso e o vosso. Não se acanhem, portanto. E não se culpem, seja lá o que isso for.

“Criação” é simultaneamente o título e a forma, para o estado de reinterpretação do acervo popular dramatúrgico, em que nos encontramos. É um ponto de passagem e reflexão – um processo em curso. Não sendo um espetáculo também não deixa de o ser. Chamamos-lhe leitura encenada, por nos parecer mais verosímil. Somos todos filhos de Adão e Eva – é assim que consta em muitos textos de cariz popular levados a cena. Porém, em que medida e forma somos contaminados e disseminadores, deste e doutros tramas, enraizados no imaginário coletivo? Estamos na ponta do icebergue, onde vos convidamos a sentar connosco, para logo de seguida mergulharmos juntos nas águas imprevistas do diálogo – procurando o pulsar reverberante dessa viagem, na contemporaneidade de cada um.

O público está, assim, amplamente convocado para “Criação”.

O GEFAC foi fundado como Organismo Autónomo da AAC em 1966 com o propósito de recolher, analisar e interpretar as manifestações culturais, individuais e coletivas das populações rurais nas suas diversas vertentes: música, danças, teatro, usos e costumes. Desde a sua fundação o GEFAC tem desenvolvido um exaustivo trabalho de recolha, tratamento e divulgação do património imaterial português. A atividade do Grupo desdobra-se assim em inúmeras vertentes: recolha e pesquisa, formação e divulgação, e conceção de espetáculos originais.

 

A Mostra de Teatro Universitário começou em 2012 para dar a conhecer as novas criações dos grupos universitários de Coimbra e de grupos universitários internacionais, num diálogo crítico e histórico que a Academia de Coimbra mantém com o teatro universitário. A MTU pretende contribuir para a criação de um espaço comum de reflexão e de apresentação de projetos com origem na Universidade de Coimbra com as participações do CITAC, GEFAC, TEUC e, nesta edição, a participação do grupo convidado, TUP – Teatro Universitário do Porto, e a apresentação pública da Oficina dirigida por Júnior Lima (BR).

Data

11, Junho 2019

Horário

21H30

Duração

1h00

Faixa etária

M/6

Preço

Entrada livre

Lotação limitada a 30 pessoas

Local Sala de ensaios do GEFAC (Piso 0 do edifício AAC)

Produção GEFAC

Espetáculo integrado na Mostra de Teatro Universitário 2019 — MTU’19

Produção MTU’19 Teatro Académico de Gil Vicente