26

Abr

Sex


21H30

DURAÇÃO


1h30

Ver Preços

John McEnroe: O Domínio da Perfeição

De Amalia Fernández (ES)

cinco pessoas dedicam-se afincadamente a manter ativo e constante um hino musical

“El Resistente y Delicado Hilo Musical” é uma partitura coreográfica com elementos teatrais, corais, performativos e poéticos. Neste espetáculo, cinco pessoas dedicam-se afincadamente a manter ativo e constante um hino musical. Com uma atenção e minúcia precisas, mantendo uma coreografia exata e a execução precisa da partitura, com especial cuidado com a coordenação com o resto do grupo e com um considerável esforço físico, produzem uma música que, noutra peça, poderia ser fabricado de uma forma muito simples: pressionando o botão “play” de qualquer aparelho eletrónico. Sem recorrer grandemente à tecnologia, de forma artesanal, matemática, popular e surrealista, manifesta-se como um facto teatro finito mas, ao mesmo tempo, aponta para a eternidade, para todos os fios que estão a ser traçados, em tensão, atados, ignorados, desvendados, cortados e unidos, dentro de fora de todos. “El Resistente y Delicado Hilo Musical” rege-se assim por uma lógica económica, de gasto máximo para alcançar um resultado mínimo, subvertendo a cultura do desempenho e da produtividade, que parece ser o único horizonte possível nos dias de hoje.

Amalia Fernández (n. 1970) vive e trabalha em Madrid há quase 30 anos. Tem formação clássica em ballet, mas cedo decidiu que a interpretação poderia ser acompanhada pela criação independente dos seus espetáculos. A partir de 2005, começou a criar os seus espetáculos, dos quais se destacam “Matrioshka”, “Kratimosha”, “En construcción 1 y 2” e “El Resistente y Delicado Hilo Musical”, entre outros. Estreou, em janeiro deste ano, o espetáculo “EXPOGRAFIA”, um projeto sobre a exposição e os elementos que a compõem – o objeto, o espectador e a visão da mesma -, e como estes influenciam, inconscientemente, as normas, as formas de ver e o tempo em que é visto. Acumula ainda este trabalho em nome próprio com a docência em vários cursos de instituições públicas e privadas espanholas.

Organizado pelo Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) e Câmara Municipal de Coimbra/Convento São Francisco, o Festival teve em 2016 a sua primeira edição conjunta. Esta iniciativa parte de um interesse comum pela dança contemporânea, reconhecendo o lugar central que esta ocupa na renovação da linguagem das artes performativas nas últimas décadas. O festival pretende dar conta do panorama criativo da dança nacional e internacional, além de promover atividades pedagógicas direcionadas para públicos escolares. Nesta edição, o Festival Abril Dança dá mais um passo no sentido de se constituir como uma iniciativa de âmbito regional e nacional, mais aberta e plural na forma e nas linguagens de criação, propondo espetáculos de dança em vários registos, a exibição de filmes, documentários, workshops e conversas com os artistas.

Data

26, Abril 2019

Horário

21H30

Duração

1h30

Faixa etária

M/12

Preço

€7
€5 < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias

Local Auditório TAGV

Conceção, direção Amalia Fernández

Interpretação Catherine Sardella, Pablo Herranz, Oscar Bueno, Anto Rodríguez, Amalia Fernandez

Figurinos, elementos cenográficos Grup de WhatsApp d’intercanvi de necessitats de Zarzalejo (Madrid)

Colaboração Coro Misto da Universidade de Coimbra, Orfeon Académico da Universidade de Coimbra

Espetáculo em castelhano com legendagem em português e inglês

Espetáculo apresentado em parceria com DDD — Festival Dias Da Dança 2019 (apresentação Porto/Palácio do Bolhão, 01 maio 22h00

Espetáculo integrado no Festival Abril Dança em Coimbra

Coprodução Festival Abril Dança em Coimbra TAGV, Câmara Municipal de Coimbra/Convento São Francisco