01

Out

Ter


18H30

DURAÇÃO


1h30

Ver Preços

Épico de Gilgameš

Leitura dirigida por Francisco Luís Parreira

Francisco Luís Parreira assina a tradução de “Épico de Gilgameš” e é o nosso convidado para dirigir a sessão do Clube de Leitura Teatral, iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite

O que identificamos hoje como “Poema de Gilgameš” é uma rapsódia composta em acádio, a língua falada na Babilónia, a partir de materiais poéticos, narrativos e cerimoniais que, durante um milénio, andaram dispersos pela tradição oral ou foram parcialmente fixados em escrita nas escolas escribais do mundo sumero-babilónio. O seu autor presumível foi o escriba e exorcista Sin-leqe-unninni (Ó lua, acolhe a minha prece”), que terá vivido por volta de 1200 a. C.

O poema divide-se em doze “tábuas” ou “jornadas” que contam os feitos e os reveses de um lendário rei sumério, Gilgames, na sua busca da imortalidade. O poema terá produzido no mundo pré-clássico e nas civilizações do Próximo Oriente uma impressão profunda: tornou-se o primeiro texto da história da literatura a ser massivamente traduzido e adaptado localmente; inspirou príncipes e soberanos, tal como, mais tarde, a Ilíada viria a inspirar Alexandre, o Grande; foi talvez o primeiro texto a circular amplamente fora das bibliotecas templárias e estatais e a suscitar a produção de cópias para a leitura e o lazer domésticos. Traz-nos, do fundo dos tempos, a invenção da “personagem literária” e a primeira articulação em língua humana do amor e da mortalidade.

Francisco Luís Parreira fundou e dirigiu a licenciatura de Artes Performativas e Tecnologias da ULHT e a licenciatura de Artes Dramáticas – Formação de Atores da ULP (Universidade Lusíada). As suas áreas de ensino, produção e publicação académica são as artes performativas, as artes cénicas orientais, a teoria política e a teoria da cultura. Como autor e dramaturgo, tem colaborado com diversas companhias e instituições artísticas nacionais. Publicou poesia e teatro. É guionista, artista plástico e crítico literário. Traduziu, para a cena ou para edição, entre outros, Beckett, Büchner, Yeats, Bernhard e Pinter. Francisco Luís Parreira, que assina a tradução de “Épico de Gilgameš”, é o nosso convidado para dirigir a sessão do Clube de Leitura Teatral, iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, coordenada respetivamente por Ricardo Correia e por António Augusto Barros. Acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor. O objetivo é a divulgação, o conhecimento e a promoção da dramaturgia.

Data

01, Outubro 2019

Horário

18H30

Duração

1h30

Faixa etária

para todos os públicos

Preço

entrada gratuita

Local TAGV

Épico de Gilgameš

Tradução Francisco Luís Parreira

Leitura dirigida por Francisco Luís Parreira

Coordenação Clube de Leitura Teatral António Augusto Barros, Fernando Matos Oliveira

Coprodução A Escola da Noite, TAGV

Iniciativa integrada no LIPA — Laboratório de Investigação e Práticas Artística

Inscrições para leitores clube.leitura.teatral@gmail.com

Clique ou faça scroll para ver o próximo evento.

Toque para ver o próximo evento.

Exposição

Memória a Dois Tempos!