04

Abr,2017

Ter


21H30

DURAÇÃO


1h05

Ver Preços

Uníssono Composição para Cinco Bailarinos

Criação de Victor Hugo Pontes

Nenhum objeto artístico é distinguível das pessoas que o compõem

UNÍSSONO – COMPOSIÇÃO PARA CINCO BAILARINOS mostra que nenhum objeto artístico é distinguível das pessoas que o compõem e que qualquer ocorrência artística é essencialmente única. O conceito de ritual é operativo nesta peça: nas sociedades (humanas ou animais), os movimentos fundamentais são ritualizados, definindo a norma e o desvio à norma, o padrão e a inovação, a tendência e a contracultura. Mas até que ponto o ritual é representativo?

Data

04, Abril 2017

Horário

21H30

Duração

1h05

Faixa etária

M/16

Preço

€10
€8 < 25, Estudante, > 65, Grupo ≥ 10, Desempregado, Parcerias

Local auditório TAGV

Direção artística Victor Hugo Pontes

Interpretação André Cabral, Bruno Senune, Elisabete Magalhães, Teresa Alves da Silva, Valter Fernandes

Cenografia F. Ribeiro

Direção técnica e desenho de luz Wilma Moutinho

Música Hélder Gonçalves

Operação de luz Joaquim Madaíl

Operação de som Pedro Lima

Montagem de cenografia Valter Maior

Apoio dramaturgico Madalena Alfaia

Direcção de produção Joana Ventura

Produção executiva Paula Adriana Silva

Coprodução Nome Próprio, Teatro Municipal São Luiz, Teatro Municipal do Porto Rivoli . Campo Alegre

Agradecimento Marco da Silva Ferreira

Fotografia José Caldeira

A Nome Próprio é uma estrutura financiada pelo Ministério da Cultura/DGArtes e residente no Teatro Campo Alegre, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto.

Espetáculo no âmbito da 19ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra e do Abril Dança em Coimbra

Coorganização Câmara Municipal de Coimbra/ Convento São Francisco e Teatro Académico de Gil Vicente

Clique ou faça scroll para ver o próximo evento.

Toque para ver o próximo evento.

Teatro

Clube de Leitura Teatral