25

Set

29

Sep

Dom

Ver Preços

Urândia Aragão — Residência Artística

Residência da artista urândia aragão de desenvolvimento do projeto “UM LÍQUIDO QUE QUERIA SER SÓLIDO

A peça questiona o óbvio através da liberdade de o voltar a imaginar

Foi em Outubro do ano passado, eu estava a fumar um cigarro à entrada de um prédio, em Beit Jala, na Palestina. Em frente, três miúdos jogavam à bola, do outro lado do muro, Israel. Ele aproximou-se e perguntou: “Já viste o que está ali escrito?” Eu respondi: “Onde?” E ele apontando para o muro, disse: “Abre-te Sésamo”.

O processo de criação de Urândia Aragão decorreu em Portugal, Palestina, República Democrática do Congo, África do Sul, Alemanha, Peru e Eslovénia. Ao longo da pesquisa foi recolhendo histórias e testemunhos pessoais que desvelaram as diversas fronteiras entre os lugares e as pessoas. Partindo de uma reflexão acerca dos direitos humanos e não-humanos, a peça questiona o óbvio através da liberdade de o voltar a imaginar, à semelhança das rimas numa fábula, procura descodificar os enigmas da linguagem e abrir uma passagem… como que por magia!

Data

25, Setembro 2016

29, Setembro

Horário

Duração

Faixa etária

Preço

Local Laboratório TAGV

Clique ou faça scroll para ver o próximo evento.

Toque para ver o próximo evento.

Música

Orquestra Académica da Universidade de Coimbra