20

Mai

Seg


18H30

DURAÇÃO


2h15

Ver Preços

Agradar, Amar e Correr Depressa

De Christophe Honoré

vivo e incisivo, entre a leveza e a graça e uma enorme profundidade emocional, este é considerado o mais belo filme de Honoré desde “Canções de Amor”

Arthur tem 20 anos e é estudante em Rennes. A sua vida muda quando conhece Jacques, um escritor que vive em Paris com o seu jovem filho. Durante um Verão, Arthur e Jacques vão amar-se e divertir-se. Mas Jacques sabe que este amor tem de ser vivido rapidamente.

Vivo e incisivo, entre a leveza e a graça e uma enorme profundidade emocional, este é considerado o mais belo filme de Honoré desde “Canções de Amor”, um filme que funde na perfeição as tradições de que o seu cinema é herdeiro, entre os polos Godard-Fassbinder e Truffaut-Demy.

Christophe Honoré é realizador e argumentista, nascido em França nos anos 70. É escritor e argumentista de alguns dos filmes de Gaël Morel. O seu livro “Tout contre Léo” é famoso em França pelo discurso claro que utiliza, neste livro para crianças, onde fala sobre o vírus do HIV. É considerado pela crítica o herdeiro do cinema da Nouvelle Vague.

Data

20, Maio 2019

Horário

18H30

Duração

2h15

Faixa etária

M/16

Preço

€5
€3,5 < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias

Local auditório TAGV

Com Vincent Lacoste, Pierre Deldonchamps, Denis Podalydès, Adèle Wismes

Origem França, 2017

(falado em francês, legendado em português)

Clique ou faça scroll para ver o próximo evento.

Toque para ver o próximo evento.

Cinema à Segunda

Não Me Toques