18

Dez

Qua


20H30

DURAÇÃO


1h00

Ver Preços

Sessões do Carvão — O Cinema Falado

Farpões, Baldios + Les Magiciens de Wanzerbé

Farpões, Baldios

No final do século XIX, os trabalhadores rurais em Portugal iniciaram uma corajosa luta por melhores condições de trabalho. Depois de gerações de miséria e fome, a Revolução de Abril semeou a promessa de uma Reforma Agrária. Na região do Alentejo, estes camponeses ocuparam grandes propriedades onde antes eram submetidos ao poder dos seus patrões. Diz-se no Alentejo, que quando se perde alguma coisa, quem procura deverá começar a andar para trás e voltar ao princípio. Reza-se e pede-se a Santa Luzia que nos cure dos olhos, para que possamos olhar melhor e ver. Os protagonistas deste filme, resistentes desta velha luta, a quem foi roubada a infância e a escolaridade, contam a sua história às gerações de hoje.

Les Magiciens de Wanzerbé

No coração da região dos Songhay, no Níger, encontra-se Wanzerbé, aldeia dos feiticeiros Sohantyé, que preparam poções mágicas e lêem o futuro na areia e nas conchas. A vida decorre de acordo com as tarefas das mulheres e as brincadeiras das crianças. No mercado semanal, trocam-se barras de sal dos Tuaregues, cerâmica, alimentos e manadas de bois.

Data

18, Dezembro 2019

Horário

20H30

Duração

1h00

Faixa etária

Preço

Entrada livre

Local sala do Carvão — Casa das Caldeiras

Farpões, Baldios

De Marta Mateus

Origem Portugal, 2017

Com Maria Clara Madeira, Gonçalo Prudêncio, Maria Catarina Sapata

Duração aprox. 25’

 

Les Magiciens de Wanzerbé

De Marcel Griaule, Jean Rouch

Origem França,1949

Duração aprox. 33’

 

Conversa pós-filmes Marta Mateus (realizadora do filme “Farpões, Baldios”)

Coordenação Sessões do Carvão Sérgio Dias Branco, Luísa Lopes

Produção Faculdade de Letras da UC (Curso de Estudos Artísticos e Laboratório de Investigação e Práticas Artísticas/LIPA), TAGV

Fotografia do filme “Farpões, Baldios”